Roedores

Os roedores no mundo e no Brasil:

Existem cerca de 2.000 espécies de roedores no mundo, representando ao redor de 40% de todas as espécies de mamíferos existentes. Os roedores vivem em qualquer ambiente terrestre que lhes dê condições de sobrevivência.

Apresentam uma adaptação extraordinária, suportando os climas mais frios, quentes, com cou sem cobertura vegetal. Suportam grandes altitudes e em cada região podem mostrar um grande número de adaptações fisiológicas. 

Os roedores são divididos em duas categorias:

 

* ROEDORES SINANTRÓPICOS NÃO COMENSAIS OU SILVESTRES - Aqueles que ainda não são inteiramente dependentes do ambiente antrópico (ambiente modificado pelo homem).

 

* ROEDORES SINANTRÓPICOS COMENSAIS - Aqueles que dependem unicamente do ambiente do homem, ou seja, os roedores que nós conhecemos.

Os roedores sinantrópicos comensais são aqueles que prejuízos econômicos, além de danos à saúde da população:

Camundongo - Mus muluscus

É um pequeno roedor que vive em pequenas famílias com um macho e algumas fêmeas. Fazem seus ninhos dentro de casas, edifícios e em lugares escondidos, como gavetas, armários, motores, fogões, despensas, porões e outros.

Rato de Telhado - Rattus rattus

É um roedor de tamanho médio, muito ágil. Vivem em pequenos grupos. Comumente encontrados em lixões, propriedades agrícolas, etc. Se alimentam preferencialmente de grãos, frutos e vegetais.

Ratazana - Rattus novergicus

É um roedor que faz tocas na terra ou em locais protegidos com concreto. Vivem em colônias. Têm grande facilidade ficar submersos. Comem carnes, cereais, peixes, lixo e outros.

Licença Ambiental nº 190071 Licença Sanitária nº 121/2019

Central de Atendimento
43.3472.9275
43.99868.5069